sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Descobrindo sua auto estima

Falamos já sobre o que é auto estima.
Mas você sabe o que afeta a sua?
 Pra tornar isso bem didático, vou dividir em dois tipos de fatores: internos e externos.
Os fatores internos que afetam sua auto estima são os que dependem mais de você do que  de outros, por assim se dizer. São mais fáceis de serem controlados e moldados do que os externos.

São eles:
Crenças (que eu expliquei o que são no artigo passado!)
Emoções (sentimentos)
Fisiológico (aspectos biológicos que fogem ao nosso controle, como hormônios e etc.)

Acho que com relação a esses fatores, não preciso explicar muita coisa não é? É bem claro.
Cabe lembrar, no entanto, que emoções e padrões emocionais são condicionados, ou seja, eles são aprendidos ao longo da vida e podem ser modificados.
Isso quer dizer que, se você é uma pessoa que possui um padrão emocional como sentir raiva quando furam a fila na sua frente (é só um exemplo okay?) e  isso te incomoda  ao ponto de você querer mudar, é possível! Olha que lindo!
Eu diria que o primeiro passo é não se definir pelas emoções....

Você não É raivosa, você está com raiva.
E se isso acontece com muita frequência, você pode dizer que esse é um padrão emocional seu que talvez tenha sido generalizado. (Algumas pessoas tem um alcance muito baixo ou tem dificulades de lidar com todo o repertório humano de emoções e por isso se concentram em um tipo, como pessoas que sentem raiva em uma variedade imensa de situações...)
Essa diferença no entendimento pode parecer pequena mas é essencial se você quer começar a controlar suas emoções.
Sobre esse assunto, de como controlar suas emoções..... falarei mais sobre isso semana que vem!
Continuando....

Os fatores fisiológicos, como foram dito, são do funcionamento normal do nosso corpo e biologia e fogem do nosso controle, MAS, isso não quer dizer que devem ser deixados de lado.
Uma boa noite de sono, alimentação adequada e balanceada, prática de atividade física (não precisa ser academia gente, pode ser yoga, dança, patins.. o que quiserem) e tempo livre para o lazer e o ócio são essenciais para que o nosso corpo funcione bem.
E se ele não funcionar bem?
Pense você comigo.... você está há 5 dias sem dormir direito, isso obviamente altera seu humor, altera seu apetite. Além de tudo, você está sedentária e come mal, trabalha mais do que aguenta e vive estressada. Você realmente acha que sua auto estima vai ficar boa assim? Ou vai se manter boa?
Eu não sei você, mas eu sem dormir viro o capeta na terra.
Resumindo: Não tem como. O nosso cérebro tem um delicado equilibrio quimico e a nossa auto estima depende disso também.
O meu ponto é...se você quer melhorar sua auto estima, cuide de você. Do seu sono, dos seus hábitos, do que você lê, dos perfis que você segue no instagram e no facebook (alias, passar tempo demais online faz mal pra saúde mental, sabia? Já tem várias pesquisas apontando isso.), do que você come, da sua rotina.


Semana que vem falamos sobre os fatores externos e é aí que o bicho pega!

0 comentários:

Postar um comentário

Popular

Tecnologia do Blogger.