quinta-feira, 3 de março de 2016

O mito mais comum sobre a auto estima


Se eu tivesse que escolher qual o maior mito que eu escuto de outras mulheres ou circulando na mídia a respeito da auto estima, sem dúvida seria: preciso me achar bonita para ter uma boa auto estima.
Não, você não precisa. Não se achar bonita não indica necessariamente que sua auto estima seja ruim.
Sabe por que?
Beleza tem a ver com padrão. Simples assim. Resumindo: pra você ser considerada bonita na nossa sociedade você tem que seguir um padrão (que grita na nossa cara toda vez que ligamos a televisão ou abrimos uma revista feminina). E é isso que nós internalizamos, a lógica do “serei bonita quando me aproximar desse padrão x”.
Qual é esse padrão?
A mulher bela é basicamente alta, magra (de preferência entrar até um tamanho 38 e ter uns 10kg a menos do que o peso considerado saudável e adequado pra sua altura), do cabelo liso, comprido e branca (quando digo branca, estou falando de traços caucasianos, ou seja, estou falando de etnia e não do fato de você pegar sol ou não), de preferência bronzeada. Quanto ao corpo, tem que ter bumbum e seios fartos, mas também não pode ter demais e de preferência não ter celulite nem estria (meu deus, não sei da onde isso surgiu, sinceramente)
Esse é o modelo. E nem preciso dizer que isso só é possível em Marte ou com muito photoshop.

Você pode não se encaixar nesse padrão, como a grande maioria do planeta e por isso não ser considerada bonita. Você pode ter internalizado com tanta força esse padrão que não consegue se enxergar como uma mulher bonita também. (Bem vinda ao planeta Terra. Esse parágrafo descreve a esmagadora maioria das mulheres, então não se sinta só.)
Isso é problemático? Depende.
A ditadura do “tenho que me achar bonita” pode ser pior.
O que eu quero deixar muito claro aqui é que não existe uma mulher que se encaixe em TODAS essas exigências. O que temos são mulheres que sofrem e gastam uma quantidade de tempo, energia, dinheiro absurda tentando chegar o mais próximo possível disso. Estou falando de cirurgia plástica, tratamento cosmético, academia, personal, dieta... e, é claro, muito photoshop. Não é de surpreender quando vemos as “famosas” ao natural e tomamos um susto. Pensamos “oh, meu deus, ela não parece EM NADA com ela mesma”. Por que será? É tudo produção minha gente.
E mesmo que exista alguém abençoada geneticamente e que tenha quase tudo isso (é possível sim! Não estou dizendo que não é), pergunto,  por quanto tempo? Esse é outro ponto importante, pois a ditadura da beleza se baseia em juventude. E por mais que você entre na faca, uma hora a idade pesa. Não tem como fugir. É envelhecer que somos deletadas e apagadas da convivência humana. Exagero?
Quantos filmes você assistiu recentemente em que uma mulher de mais de 60 anos aparecia com destaque? E de fato era interpretada por uma atriz com mais de 60 anos? Você consegue contar em uma mão (se muito) não consegue?
Então parece muito sem sentido definir toda a sua auto estima pela sua aparência e por esse padrão sem noção de beleza que nos é imposto.
Sabe o que define uma boa auto estima?
O que vai definir uma auto estima saudável é o auto cuidado.
Eu te pergunto: Você se considera importante o suficiente e digna o suficiente pra cuidar de si?
Você toma suas decisões pensando no seu bem estar físico, psicológico, emocional, financeiro?
Você se sente confortável com quem você é a maior parte do tempo?
Esses pra mim são indícios muito mais reais de uma auto estima saudável!
Então se você marcou os 3, parabéns!
De nada adianta você se achar a pessoa mais linda do mundo e sensacional e só tomar decisões porcaria que vão te atrapalhar. É escolher um traste de namorado atrás do outro, tomar decisões ruins quanto a sua saúde, não estabelecer limites nos seus relacionamentos e acabar se machucando... isso parece auto estima pra você?
Nós focamos muito na “beleza” (leia padrão imposto) mas a verdade é que auto estima vai muito além disso.
Algo como anos luz além.
Então antes de dizer que tem auto estima baixa ou ficar sofrendo por não se achar bonita, pense em tudo que eu disse. As vezes a sua auto estima nem é tão ruim assim e você está sofrendo sem necessidade.

Lembrando, sempre há espaço pra melhoria, se você quiser e achar válido!

0 comentários:

Postar um comentário

Popular

Tecnologia do Blogger.