quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Faxina para a auto estima



Muitas pessoas se questionam como podem melhorar a sua auto estima, isto é, como podem se sentir melhor com quem elas são. A maioria acaba caindo na cilada de achar que "melhorando" a aparência, o que geralmente envolve perder peso, alisar cabelo, comprar roupas, etc etc, elas vão resolver o problema.
Embora seja uma opção, não é a única como muitos acreditam além de que os efeitos dessas transformações geralmente não duram muito porque estamos constantemente insatisfeitas.
Então vou dar uma outra idéia.
Que tal fazer uma faxina?
Do tipo não metafórico mesmo, com rodinho e tudo.
Como eu disse, muitos caminhos levam a auto estima. Pra cada um, há um caminho mais ou menos adequado, ou seja, o que funciona pra Maria pode não funcionar pra você. Nem é todo mundo que vai se beneficiar das minhas sugestões e tudo bem, mas eu acho que vale tentar. O máximo que vai acontecer é o cômodo ficar super limpinho ;)
O ambiente em que vivemos tanto reflete quanto tem efeitos sobre a nossa auto imagem. Se o seu apartamento ou o seu quarto está cheio de coisas que não te servem mais, aquele monte de tranqueira que está encalhada no seu armário, na dispensa, no porão da casa, nos caixotes, isso tudo está ocupando espaço de coisas novas que virão. 
Se livrar de tudo que não serve tem um efeito libertador.
Quem já fez isso, sabe.
E o que que isso tem a ver com a auto estima?
Como eu disse, vocês sabiam que o ambiente em que vivemos fala muito a respeito de nós mesmos?

E também as coisas que guardamos.
Abrir espaço, nem que seja no armário, é uma maneira de abrir espaço dentro de nós. E também, invariavelmente nos coloca em contato com uma série de coisas que estamos guardando escondidas.
São recordações, sentimentos, pensamentos, esperanças.
Tudo isso vem a tona quando você abre aquela gaveta e acha um monte de foto do ex que nem se lembrava que estava guardando. E aí a parte mais difícil é quando você se pergunta: por que estou guardando isso? Hmmmm....
Fazer esse faxinão é muito difícil as vezes, principalmente pra quem tem dificuldade de se desapegar de coisas antigas como rancores mas é necessário.
Minha sugestão é: tire um dia pra isso, de preferência um final de semana dependendo de como estiver o nível da bagunça ou entulhamento. Chame alguém de confiança se quiser, que vai te ajudar a julgar e dar as broncas necessárias quando você jurar que aquela meia furada e rasgada de 15 anos atrás ainda é útil e tem necessidade de ser guardada de novo no fundo do armário.
E se prepare, pode ser que venha uma crise de choro ou raiva. Então tenha paciência, mexer no armário tem conotações pro nosso inconsciente também que pode te trazer de presente alguma memória que você esqueceu de propósito.
Mas o mais importante é ter a disposição pra liberar esse espaço, pra abrir mão do antigo pelo novo.
E você vai se sentir muito bem depois se resolver doar o que for possível pra quem precisa mais do que você. É um sentimento muito positivo de que suas coisas vão servir a alguém que está precisando.
Com isso não estou dizendo pra fugir dos seus sentimentos com a limpeza como muita gente faz. Na verdade estou te dando uma sugestão de ferramenta que pode ser muito útil quando sentir que sua vida está encalhada, "parada" ou que parece que você não consegue achar uma solução pra alguma situação.
Tente limpar espaço em um cômodo que seja importante pra você. Eu sugiro o quarto porque geralmente dentro de uma casa é onde mais nos sentimos representados, mas pode ser qualquer outro que tenha sentimentos associados.
Tente e depois me conta ;D

0 comentários:

Postar um comentário

Popular

Tecnologia do Blogger.