quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Saúde emocional: você sabe o que é?



A saúde emocional quer dizer o que, você sabe?
Será que quer dizer estar sempre zen, nunca se irritar, ser praticamente um monge budista?
Longe disso!
Quer dizer estar em sintonia com as suas emoções mas não se deixar ser escravo delas.
Pense nisso, existe justificativa pra bater em alguém?
Entao estar nervoso te livra da responsabilidade se você bater o carro e matar alguém?
Dei um exemplo bem dramático não foi?
Então algo mais simples... talvez uma discussão acalorada onde você perde a paciência e diz algo que magoa o outro. E agora?
Talvez alguém diga: ah, mas eu estava muito nervoso ou eu só fiz isso porque fulano fez aquilo ou isso...
Deixando de lado as desculpas e analisando por outro ângulo: não, estar nervoso não justifica machucar alguém ou pelo menos vamos concordar que isso não é certo.
Se esse cenário parece difícil pra você, então tente imaginar outra situação onde você esteja dominado por uma emoção e decida agir baseado nela.

  • Sentiu saudade do ex ou da ex que te fez tanto mal e resolveu ligar. Resolveu voltar e... deu tudo errado, é claro.
  • Ficou irritado com o chefe e mandou ele lá praquele lugar...
  • Chegou em casa nervoso e chutou o cachorro.

Faz sentido isso?
É claro que não. Nessa vida em sociedade muitas vezes precisamos conter nossas emoções ou pelo menos sabemos que não é de nosso interesse agir de acordo com elas ou vamos gerar um mal maior para nós mesmos.
A saúde emocional é saber fazer essa distinção!
Saber ouvir e identificar o sentimento, da onde ele vem, talvez até por que ele surgiu e então tomar uma decisão consciente de como lidar com isso.
Eu diria que temos uma boa saúde emocional quando fazemos uso das nossas emoções de maneira construtiva e equilibrada. Quer dizer basicamente que o indivíduo sabe gerenciar as emoções de maneira a não se engajar em comportamentos auto destrutivos.
Melhor ainda, uma pessoa com uma saúde emocional em dia sabe a diferença entre conhecer as suas emoções, entendê-las e como agir levando em consideração o que sentem mas sem se deixar ser escravizados pelo sentimento do momento.
Essa capacidade é uma das mais importantes e uma das mais ignoradas hoje em dia eu diria. Afinal, de que adianta você ser extremamente competente na sua atividade profissional mas não saber lidar com seus colegas de trabalho, com seu chefe ou clientes?
Com certeza você deve conhecer uma pessoa ou ter escutado já de pessoas brilhantes que não conseguem parar em emprego ou ainda se manter em um relacionamento estável.
A incapacidade de gerenciar as próprias emoções com equilíbrio pode ser um fator muito relevante em ambos os cenários.
Vivemos em sociedade, estamos cercados de pessoas o tempo inteiro e somos criaturas que sentem. Animais da emoção por assim se dizer.
Temos que equilibrar cobranças internas, externas, regras sociais e uma série de aspectos pra poder viver em uma sociedade, correto?
Mas é aí que muitas pessoas tem dificuldade, em saber lidar com as próprias emoções.
Eu não sei dizer o quanto isso aparece no consultório quando estou atendendo. É muito se não todas as vezes.
Pessoas diversas que não sabem identificar o que estão sentindo, querendo resolver um problema mas sem notar que a questão na verdade é a emoção que aquilo gera.
A saúde emocional só pode ser criada a partir do auto conhecimento. Só podemos gerenciar aquilo que conhecemos.
Se você é gestor de uma empresa, como você trabalha se não conhecer a fundo as nuances daquele ambiente? Tem como fazer um bom trabalho assim? Resposta óbvia: não né.
No geral pessoas desligadas das suas emoções estão constantemente dando tiro no escuro. Elas caminham pra lá e pra cá sem saber o que estão fazendo direito ou por que, só sabendo que "se sentiam mal" ou "se sentiam bem".
É assim que você quer viver sua vida?
Se não é assim então trate de embarcar em uma viagem de auto conhecimento!
Semana que vem eu vou dar umas idéias de como pode melhorar a sua saúde emocional ;D
Vou tentar fazer um passo a passo mais simples, já que eu adoro tutorial ;DDD
Até mais!


2 comentários:

  1. Olá, eu adorei esse post (e outros que li). Depois de um longo período de desgaste emocional percebi o quanto é importante aprender o que estou sentindo, e como vou querer lidar com isso. Estou muito curiosa sobre mim mesma e adorei a ideia das dicas, vou ficar esperando pelo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Érica querida, há quanto tempo! Que bom te ler por aqui ;D
      Faz tempo que não vejo um comentário seu, agradeço pela participação \o/
      Eu estou terminando de revisar o texto e eu já subo com ele tá?
      Até as 14h com certeza está no blog! ;D
      Um grande abraço

      Excluir

Popular

Tecnologia do Blogger.